(47) 3345.3712       Av. Emanoel Pinto, 925, Balneário Piçarras - SC


Embolização de Epistaxe (sangramento nasal)

epistaxe 1

A utilização da embolizacão arterial percutânea no tratamento de epistaxe vem sendo realizado há mais de 30 anos e, atualmente, é considerado por muitos o tratamento de escolha na epistaxe posterior.

O procedimento é realizado através de microincisão na região da virilha, seguida da cateterização seletiva da artéria maxilar e seus ramos, localizando assim o vaso causador do sangramento, e realizada então sua oclusão (embolização). As vantagens dessa técnica são a localização da região do sangramento, obliteração dos vasos distais, além de não necessitar de anestesia geral e poder ser repetida, caso necessário.

epistaxe 2
A embolização de epistaxe esta indicada nos pacientes que não obtiveram o controle do sangramento com a utilização das ligaduras esfenopalatina e etmoidal, em pacientes que apresentam contra-indicação para procedimento cirúrgico ou ainda como primeira opção de tratamento em alguns centros.

A decisão entre embolização e cauterização deve ser realizada em conjunto com o otorrinolaringologista, sendo a embolização realizada pelo radiologista intervencionista.