(47) 3345.3712       Av. Emanoel Pinto, 925, Balneário Piçarras - SC


Angioplastia de Fistulas de Hemodiálise

Manutenção do Acesso de Hemodiálise

dialise 1

Os pacientes portadores de insuficiência renal crônica dependem de um acesso para realização de hemodiálise, sendo a fistula arteriovenosa o que proporciona o melhor fluxo. Contudo estes acessos podem evoluir com estenoses e oclusões, levando a perda do mesmo. É ai que entra o papel do radiologista intervencionista que, em conjunto com a equipe de hemodiálise, tem o papel de antever estas complicações e a agir sobre as mesmas, evitando assim sua perda. Diminuição da efetividade da dialise, aumento da taxa de recirculação, aumento da circulação colateral e diminuição do frêmito são sinais de alerta para uma fístula que pode estar com problemas e deve ser estudada e, caso seja diagnosticado estenose, pode ser realizada angioplastia percutânea da lesão, procedimento realizado com anestesia local e resultados excelentes e imediatos, podendo a fistula ser usada após 24 horas do procedimento.





 

 



dialise 3

 

dialise 2Já as fístulas realizadas com prótese (PTFE ou Dacron) também podem ser submetidas a angioplastia para correção de estenoses ou mesmo “salvas” após sua oclusão recente (quanto antes for diagnosticada, maiores são as chances de sucesso) com o uso de angioplastia, fibrinólise medicamentosa (uso de agentes que promovem a dissolução do trombo) ou a associação de ambos.