(47) 3345.3712       Av. Emanoel Pinto, 925, Balneário Piçarras - SC


Epistaxe (sangramento nasal)

É o nome dado a qualquer tipo de perda de sangue pelo nariz, frequentemente pelas narinas, ou através do nariz pela boca.

Existem dois tipos de epistaxe:

  • Anterior (90% casos aproximadamente), ou seja, mais próxima da parte externa do nariz.
  • Posterior (10% casos aproximadamente), ou seja, mais no interior: menos comum, mas com efeitos mais graves.

Como acontece o sangramento?
A epistexe ocorre quando pequenos vasos (veias ou artérias), que passam pela mucose no nariz se rompem.

Quais são as causas do sangramento? Por que estes pequenos vasos rompem?
De um forma geral, os vasos se tornam fragéis e mais susceptíveis à rotura por fatores locais, que podem ser identificados ao exame otorrinoloaringológico. ou por fatores sistêmicos como listado abaixo.

Fatores locais:

  • Deformidades anatômicas Inalação de produtos químicos Inflamação (secundária e infecções agudas do trato respiratório como sinusite crônica, rinite alérgica e irritantes ambientais);
  • Corpos estranhos;
  • Tumores intranasais;
  • Utilização de medicamentos nasais;
  • Cirurgias prévias;
  • Trauma.

Fatores sistêmicos:

  • Uso de alguns medicamentos (ex: aspirina, varfarina, clopidogrel, desmopressina);
  • Intoxicação alcoólica;
  • Alergias;
  • Alteração da coagulação do sangue;
  • Problemas cardíacos;
  • Tumores do sangue (leucemia);
  • Hipertensão arterial;
  • Doenças infecciosas;
  • Má-nutrição (especialmente anemia);
  • Uso de narcóticos;
  • Doenças vasculares.

O que fazer?
Se você apresenta episódio frequentes de epistaxe, vale a pena procurar o otorrinolaringologista antes mesmo de novo evento para descobrir a causa, esclarecer todas as dúvidas e iniciar o tratamento.